França espera déficit de 2,7% do PIB en 2018

Paris, 11 Jul 2017 (AFP) - O governo francês prevê um déficit público de 2,7% do PIB para 2018, ano em que espera crescer 1,7%, anunciou nesta terça-feira (11) o primeiro-ministro Edouard Philippe, numa entrevista ao jornal Les Echos que será publicada nesta quarta.

Philippe também anunciou a maciça redução de grandes impostos a partir de 2018, avaliada em 11 bilhões de euros.

A entrevista foi divulgada na véspera do início do debate de orientação orçamentária entre os parlamentares franceses.

Sobre o déficit, contudo, o primeiro-ministro afirmou não ser "um fetichista das estatísticas" e indicou que seu objetivo político para é apenas ficar abaixo dos 3%, dentro do previsão da União Europeia para a França.

Além disso, o líder do governo prometeu um recuo da dívida pública de 5% do PIB até 2022. "A estratégia que adotamos também visa a redução a um nível menos insustentável do endividamento público", explicou.

Philippe acredita que a redução dos impostos vai provocar um "sopro fiscal para o investimento, o emprego e o crescimento", dando "confiança aos atores econômicos, com visibilidade e compromissos precisos".

"É um esforço considerável", que representa "mais da metade" da redução de impostos prometida pelo executivo para o mandato inteiro, completa o primeiro-ministro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos