México pede à ONU que proteja seus imigrantes nos EUA

Nações Unidas, Estados Unidos, 22 Set 2017 (AFP) - O México está "profundamente orgulhoso" de todos os seus emigrantes nos Estados Unidos e pede à ONU que os proteja das violações de seus direitos humanos, declarou nesta quinta-feira o chanceler mexicano, Luis Videgaray.

"Temos grande preocupação com possíveis violações dos direitos humanos" contra os emigrantes mexicanos nos Estados Unidos, disse Videgaray à imprensa após discursar na Assembleia Geral das Nações Unidas.

"Vemos casos de discriminação e onde são tratados de maneira inaceitável. As Nações Unidas devem estar atentas (...) às violações que podem ocorrer a este respeito".

Em seu discurso, Videgaray disse que o México defenderá seus compatriotas "sem importar sua condição migratória".

O chanceler também se comprometeu com os esforços para defender "uma solução permanente" para os chamados 'Dreamers', jovens que entraram ilegalmente no país quando eram crianças.

Videgaray avaliou que a expulsão destes jovens "talentosos" e "criativos" seria uma "enorme perda" para os Estados Unidos e um "ganho" para o México, mas eles querem permanecer no país onde cresceram.

No momento, mais de 650 mil jovens se beneficiam do programa, adotado em 2012 pelo então presidente Barack Obama sob a denominação de Daca.

Mas Donald Trump, sucessor de Obama, já revelou que não renovará o programa, o que deixará os jovens em um verdadeiro limbo legal.

Trump também promete deportar milhões de imigrantes ilegais e construir um muro na fronteira com o México.

O muro "é um tema que jamais esteve na relação bilateral", disse o chanceler ao ser consultado sobre o assunto. "México não discute isto nunca, em nenhum momento".

Há cerca de 35 milhões de mexicanos e americanos de origem mexicana nos Estados Unidos.

ahg-lbc/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos