Pela primeira vez, Israel entregará medalha a um árabe

Jerusalém, 25 Out 2017 (AFP) - Israel entregará nesta quinta-feira (26) em caráter póstumo a distinção "Justo entre as Nações" a um médico egípcio, o primeiro árabe a receber a honraria por ter salvado dois judeus durante o Holocausto, colocando sua vida em risco.

A Yad Vashem, instituição israelense criada em memória ao genocídio dos judeus, havia anunciado em 2013 a concessão do título de "Justo" a Mohamed Helmy, médico egípcio que residia em Berlim durante a Segunda Guerra Mundial, falecido em 1982.

Yad Vashem, no entanto, não conseguiu contatar a família. Várias informações foram divulgadas em 2013, sobre uma suposta recusa da família a receber o prêmio, algo que a instituição nunca confirmou.

A homenagem finalmente acontecerá na quinta-feira em Berlim. O responsável por receber e retirar o prêmio e o certificado de "Justo" será o médico Naser Kotby, sobrinho-neto do doutor Helmy.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos