Trump: capturado protagonista de ataque à delegação em Benghazi em 2012

Washington, 30 Out 2017 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta segunda-feira (30) que as forças especiais capturaram um homem relacionado com o ataque contra a missão diplomática na cidade líbia de Benghazi em 2012.

"Ontem, sob minhas ordens, as forças americanas capturaram Mustafa al-Imam na Líbia", afirmou Trump em um comunicado, em um momento em que a Casa Branca é sacudida pelo indiciamento de três encarregados da campanha eleitoral do presidente.

O ataque, que provocou a morte do embaixador Chris Stevens e de outros três funcionários americanos, foi usado pelos republicanos para criticar a então secretária de Estado, Hillary Clinton.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos