Moscou afirma que não há uma evidência de interferência russa na eleição americana

Moscou, 31 Out 2017 (AFP) - O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, afirmou nesta terça-feira que não existe prova de que seu país interferiu na eleição presidencial dos Estados Unidos.

"Nós somos acusados de interferir, não apenas nas eleições dos Estados Unidos, mas também em outros países, sem uma única evidência", disse Lavrov em Moscou.

mp-pop/gmo/cr.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos