Ex-líder paramilitar chega à Colômbia deportado dos EUA

Bogotá, 26 dez 2017 (AFP) - O ex-líder paramilitar Hebert Veloza ("HH") chegou nesta terça-feira à Colômbia deportado dos Estados Unidos, onde cumpriu pena por tráfico de drogas a partir de 2009, informou a autoridade migratória.

Veloza, um dos líderes das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC, direita), desmobilizadas em 2006, chegou a Bogotá procedente de Alexandria (Virgínia), revelou a Migração Colômbia em um comunicado.

O ex-paramilitar, que confessou sua participação em mais de 3 mil crimes, foi entregue à justiça colombiana, para ser julgado por organização criminosa, homicídio, deslocamento forçado e recrutamento de menores.

Veloza foi extraditado para os Estados Unidos em março de 2009, após abandonar as armas em 2004 e regressar da clandestinidade em 2006.

Foi capturado em 2007, mas se enquadrou em uma lei especial que concedia benefícios jurídicos aos membros dos grupos armados desmobilizados que confessassem seus crimes e indenizassem as vítimas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos