México prende um dirigente do cartel do Golfo

México, 20 Fev 2018 (AFP) - A Marinha mexicana prendeu nesta segunda-feira (19) José Alfredo Cárdenas, identificado como um chefe do Cartel do Golfo, e sobrinho do ex-titular da organização, Osiel Cárdenas Guillén, atualmente preso nos Estados Unidos.

Em um comunicado, a Marinha informou que Cárdenas foi detido na cidade de Matamoros, no violento estado de Tamaulipas.

"Elementos navais detiveram José Alfredo 'N' por supostamente realizar atividades ilícitas", informou a Força, acrescentando que ao fazer buscas na casa onde Cárdenas estava, foram encontradas armas de uso exclusivo do Exército e drogas.

Fontes governamentais, citadas pela imprensa mexicana, informaram que Cárdenas era líder do Cartel do Golfo em Matamoros, e sobrinho de Osiel Cárdenas Guillén, que foi extraditado em 2007 aos Estados Unidos.

Segundo autoridades americanas, o Cartel do Golfo, com sede principalmente em Tamaulipas, perdeu força recentemente e mudou várias vezes de comando.

Tamulipas, no nordeste do país, é uma das regiões mais afetadas pela violência ligada ao narcotráfico, no qual os confrontos armados são comuns.

No fim de janeiro, diversos grupos criminosos cortaram o acesso de várias estradas e incendiaram pneus, o que se conhece na região como "narcobloqueos" (bloqueios do narcotráfico).

O México, sacudido por uma crescente onda de violência, terminou o ano de 2017 com 25.339 homicídios, a cifra mais elevada desde que começou o registro em 1997, segundo cifras oficiais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos