Armen Sarkissian eleito presidente da Armênia

Erevan, 2 Mar 2018 (AFP) - Os deputados armênios votaram nesta sexta-feira em Armen Sarkissian como novo presidente deste pequeno país do Cáucaso, um cargo sobretudo protocolar depois de uma reforma constitucional que, segundo a oposição, pretende manter o poder do atual chefe de Estado, Serge Sarkissian.

A votação foi a primeira desde o fim, em 2015, do sufrágio direto nas eleições presidenciais e da mudança do país para uma república parlamentar, na qual o Poder Executivo real será exercido a partir de agor pelo primeiro-ministro.

Armen Sarkissian, de 64 anos, era o embaixador do país no Reino Unido e candidato único. Recebeu 90 votos de um total de 105 e sucederá o atual presidente Serge Sarkissian, com quem não tem laços familiares apesar do mesmo sobrenome.

A candidatura de Armen Sarkissian, ex-professor de Física na Universidade de Cambridge e que foi primeiro-ministro entre 1996 e 1997, foi proposta pelo Partido Republicano, que governa o país.

Os opositores ao atual presidente Serge Sarkissian afirmam que a reforma constitucional de 2015 foi concebida com o objetivo único de manter sua influência na vida política do país.

Serge Sakissian não confirmou oficialmente o interesse em assumir o cargo de primeiro-ministro, mas no ano passado ele prometeu que permaneceria ativo ao final de seu mandato presidencial.

mkh-im/pop/gmo/jhd/pb/me/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos