ONU adota resolução que abre caminho a sanções para Sudão do Sul

Nações Unidas, Estados Unidos, 31 Mai 2018 (AFP) - O Conselho de Segurança da ONU adotou na quinta-feira uma resolução oferece ao Sudão do Sul, tomado por um conflito interno, a possibilidade de aderir a um acordo de paz ou ser sancionado internacionalmente.

A medida redigida pelos Estados Unidos recebeu nove votos a favor no Conselho das Nações Unidas formado por 15 membros, mas seis países se abstiveram, incluindo Rússia, China e Etiópia, um ator-chave nos esforços regionais de paz.

O projeto requer que o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, informe para 30 de junho se o cessar-fogo acordado em dezembro - o último em uma série de tréguas- se mantinha ou se as partes em conflito "chegaram a um acordo político viável".

Caso o contrário, o Conselho "considerará" nos cinco dias seguintes cinco adotar sanções contra o ministro da Defesa do Sudão do Sul e outros cinco funcionários, e possivelmente impor um embargo de armas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos