PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Procuradoria de Israel prepara denúncia contra Netanyahu por corrupção

19/12/2018 20h23

Jerusalém, 19 dez 2018 (AFP) - A Procuradoria-Geral de Israel vai encaminhar denúncia contra o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu por corrupção, sob o argumento de que há provas suficientes em ao menos uma das investigações envolvendo o premier, revela a imprensa local nesta quarta-feira.

Shay Nitzan, braço direito do procurador-geral, Avichai Mandelblit, informou nesta quarta que transmitiu ao gabinete de seu chefe suas recomendações sobre as investigações contra Netanyahu por corrupção, sem dar detalhes sobre o caso, mas a mídia israelense afirma que há provas suficientes para acusar o premier por corrupção no caso Bezeq, nome de um grupo de telecomunicações.

Netanyahu é investigado por tentar obter uma cobertura jornalística favorável no site Walla, do grupo Bezeq, em troca de vantagens governamentais.

A polícia já havia recomendado denúncias contra Netanyahu por corrupção, fraude e abuso de poder em outros dois casos: um relacionado a presentes para o premier e sua família e outro envolvendo o jornal Yediot Aharonot e uma cobertura favorável.

A decisão final sobre a denúncia cabe ao procurador-geral, Avichai Mandelblit, um ex-colaborador de Netanyahu.

O primeiro-ministro nega todas as acusações e afirma que permanecerá no cargo mesmo se for denunciado.

mib/lr

Internacional