PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Macron alfineta Trump: 'um aliado deve ser confiável', em referência à saída dos EUA da Síria

Emmanuel Macron e Donald Trump em encontro na Casa Branca - Ludovic Marin/AFP Photo
Emmanuel Macron e Donald Trump em encontro na Casa Branca Imagem: Ludovic Marin/AFP Photo

23/12/2018 13h41

O presidente francês, Emmanuel Macron, em visita ao Chade, considerou neste domingo que "um aliado deve ser confiável", em declarações sobre a retirada dos Estados Unidos da Síria.

"Lamento profundamente a decisão tomada pelos Estados Unidos", disse Macron. "Um aliado deve ser confiável, coordenar-se com seus outros aliados."

O presidente francês também elogiou o secretário de Defesa Jim Mattis, que renunciou esta semana depois de dizer a Trump que não poderia acatar sua decisão referente à Síria.

"Quero homenagear o general Mattis e as palavras que acompanharam sua decisão. Há um ano constatamos que era um interlocutor confiável", disse Macron durante entrevista coletiva com o colega Idriss Deby.

"Ser aliado é lutar lado a lado", assinalou, especificando que isto era precisamente o que a França fazia com o Chade na luta contra os grupos jihadistas na fronteira.

França, Reino Unido e Alemanha, aliados dos Estados Unidos na luta contra o grupo jihadista Estado Islâmico e alvos habituais de seus ataques, não esconderam sua preocupação após o anúncio da retirada americana.

Internacional