PUBLICIDADE
Topo

EUA enviam porta-aviões e bombardeiros ao Oriente Médio, em "mensagem" ao Irã

23.dez.2004 - imagem de arquivo mostra o USS Abraham Lincoln ancorado em Hong Kong - Samantha Sin/AFP
23.dez.2004 - imagem de arquivo mostra o USS Abraham Lincoln ancorado em Hong Kong Imagem: Samantha Sin/AFP

06/05/2019 08h57

Os Estados Unidos estão enviando um porta-aviões e uma unidade de bombardeiros ao Oriente Médio em uma mensagem "clara e inequívoca" ao Irã, disse o assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, ontem.

"Em resposta a uma série de indicações preocupantes e crescentes, os Estados Unidos estão implantando a unidade de batalha de porta-aviões USS Abraham Lincoln e uma força de bombardeiros para o Comando Central dos EUA na região", disse Bolton em um comunicado.

O objetivo é enviar "uma mensagem clara e inequívoca ao regime iraniano de que qualquer ataque aos interesses dos Estados Unidos ou de seus aliados enfrentará uma força implacável", disse Bolton.

"Os Estados Unidos não estão à procura de uma guerra com o regime iraniano, mas estamos totalmente preparados para responder a qualquer ataque, seja pelo Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica ou pelas forças regulares iranianas".

A declaração não indica especificamente por que esse destacamento está ocorrendo agora, mas ocorre em um momento em que de escalada da violência entre palestinos baseados em Gaza e Israel, onde os dois lados têm realizado ataques nos últimos dias.

A ação americana coincide também com as tensões entre Washington e Teerã sobre o programa nuclear do Irã, com sanções dos EUA sobre as exportações de urânio enriquecido iraniano.

Internacional