Topo

Trump diz estar disposto a mediar tensão entre Seul e Tóquio

19/07/2019 15h39

Washington, 19 Jul 2019 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira (19) que está disposto a mediar as tensões entre Seul e Tóquio, em uma disputa de décadas pelos trabalhos forçados, aos quais os sul-coreanos foram submetidos pelo Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

"Se precisarem de mim, estou aqui", declarou Trump, falando do Salão Oval, no momento em que vem à tona a velha questão pelo endurecimento do Japão das condições para exportar materiais para a Coreia do Sul.

Trump afirmou que o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, disse-lhe que há muito atrito em temas comerciais.

"Gosto de ambos. Gosto do presidente Moon, e vocês sabem o que sinto pelo primeiro-ministro Abe. Ele é uma pessoa muito especial também", completou.

Estes dois aliados dos Estados Unidos mantêm uma tensa relação por feridas ainda abertas da Segunda Guerra Mundial e da colonização japonesa na península.

No início deste mês, Tóquio anunciou o endurecimento das condições para exportar para a Coreia do Sul materiais químicos usados na fabricação de chips eletrônicos e telas de celulares, ou de televisores.

Estas medidas de Tóquio são uma represália por uma resolução da Justiça sul-coreana que obriga empresas japonesas a pagarem indenizações a cidadãos coreanos por trabalhos forçados durante a ocupação da península, entre 1910 e 1945.

O Japão alega que as reivindicações que remontam a esse período colonial - e que ainda geram reações na Coreia do Sul - ficaram resolvidas com o tratado de 1965. Nele, ambos os países retomaram o vínculo diplomático.

bur-an/mls/tt

Mais Internacional