PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
3 meses

União Europeia atinge meta de vacinar 70% dos adultos com 2 doses

29 jun. 2021 - Freira recebe vacina contra a covid-19 da Pfizer, em Marcianise, na Itália - Vincenzo Izzo/LightRocket via Getty Images)
29 jun. 2021 - Freira recebe vacina contra a covid-19 da Pfizer, em Marcianise, na Itália Imagem: Vincenzo Izzo/LightRocket via Getty Images)

31/08/2021 10h07Atualizada em 31/08/2021 12h33

Bruxelas, 31 Ago 2021 (AFP) - A UE (União Europeia) anunciou hoje que alcançou o objetivo de vacinar completamente 70% de sua população adulta contra a covid-19 e se comprometeu a manter a ajuda a outras regiões do mundo, assim como a exportar vacinas.

"A vacinação completa de 70% dos adultos na UE já em agosto é uma grande conquista", celebrou Von der Leyen.

"A estratégia da UE de avançar em conjunto está dando frutos e colocando a Europa na vanguarda da luta global contra a covid-19. Mas a pandemia não acabou. Precisamos de mais", disse ela, em um comunicado.

De acordo com Von der Leyen, "a Europa continuará apoiando seus parceiros nesse esforço, em particular, os países de renda baixa e média".

Já a comissária europeia para a Saúde, Stella Kyriakides, destacou que "é uma conquista coletiva da UE e de seus Estados-Membros, que mostra o que é possível quando trabalhamos juntos, com solidariedade e em coordenação".

"Continuaremos apoiando, em particular, aqueles Estados-Membros que continuam enfrentando desafios. Precisamos fechar a brecha de imunidade, assim como a porta para novas variantes", acrescentou.

A UE autorizou quatro vacinas anticovid-19 no bloco: as desenvolvidas pela Pfizer/BioNTech, AstraZeneca, Moderna (todas em duas doses) e Johnson & Johnson (em dose única).

Ajudas a outros países

De acordo com a Comissão Europeia, "a UE exportou aproximadamente metade das vacinas produzidas na Europa para outros países do mundo, tanto quanto as que entregou a seus cidadãos".

Conforme o comunicado, a UE tem como meta distribuir "ao menos 200 milhões a mais de doses de vacinas asseguradas com base nos acordos de compra antecipada do bloco a países de renda baixa e média até o fim de 2021, em particular por meio do programa Covax".

No início de 2021, a Comissão anunciou a intenção de imunizar 70% da população adulta "até o fim do verão" (hemisfério norte, inverno no Brasil).

Em 27 de julho, informou que 70% dos adultos já haviam recebido "ao menos uma dose". Apesar de a UE ter alcançado 70% dos adultos plenamente vacinados, as campanhas de imunização avançaram de maneira desequilibrada entre os países do bloco.

Na Irlanda, o percentual de adultos completamente vacinados alcança 85,5%, seguido por 82,4% em Portugal, 76,7% na Espanha, ou 72,5% na França. Já a Bulgária teria apenas 20% dos adultos plenamente imunizados; a Romênia, 32%; e a Eslováquia, 49%, segundo o Centro Europeu de Controle de Doenças.

Coronavírus