PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

EUA respeitarão acordo nuclear iraniano se Teerã 'fizer o mesmo'

Na ONU, presidente Joe Biden afirmou que EUA respeitarão acordo nuclear iraniano e também comentou conflito entre Palestina e Israel - Evelyn Hockstein/Reuters
Na ONU, presidente Joe Biden afirmou que EUA respeitarão acordo nuclear iraniano e também comentou conflito entre Palestina e Israel Imagem: Evelyn Hockstein/Reuters

21/09/2021 11h48Atualizada em 21/09/2021 12h50

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse à Assembleia Geral das Nações Unidas nesta terça-feira (21) que Washington retornará "plenamente" ao acordo nuclear com o Irã se Teerã fizer o mesmo.

Biden observou que os Estados Unidos estavam "trabalhando" com China, França, Rússia, Reino Unido e Alemanha para "envolver o Irã diplomaticamente e buscar um retorno" ao Plano de Ação Integral Conjunto (JCPoA), que os Estados Unidos abandonaram em 2018.

"Estamos preparados para cumpri-lo integralmente novamente se o Irã fizer o mesmo", acrescentou.

Estado palestino é a 'melhor maneira' de resolver conflito com Israel

Durante a Assembleia Geral da ONU, Biden também afirmou que um Estado palestino soberano e democrático é a "melhor maneira" de garantir o futuro de Israel.

"O compromisso dos Estados Unidos com a segurança de Israel é inquestionável", disse o presidente dos Estados Unidos.

"Mas ainda acredito que uma solução de dois Estados é a melhor maneira de garantir o futuro de Israel como um Estado judeu democrático, vivendo em paz ao lado de um Estado palestino viável, soberano e democrático".

"Estamos muito longe desse objetivo nesse momento, mas nunca devemos abrir mão da possibilidade de progredir", declarou.

Internacional