PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

México, EUA, Guatemala e Honduras se unem por drama dos migrantes no Texas

Cruzes coloridas são deixadas em vigília no local em que polícia encontrou caminhão com mortos no Texas - Tayfun Coskun/Agência Anadolu via Getty Images
Cruzes coloridas são deixadas em vigília no local em que polícia encontrou caminhão com mortos no Texas Imagem: Tayfun Coskun/Agência Anadolu via Getty Images

29/06/2022 16h35

Washington, 29 Jun 2022 (AFP) - México, Estados Unidos, Guatemala e Honduras chegaram a um acordo nesta quarta-feira (29) sobre uma resposta regional ao drama dos mais de cinquenta migrantes encontrados mortos na cidade americana de San Antonio, informou a embaixada mexicana em nota.

Representantes dos quatro países se reuniram na sede diplomática em Washington e decidiram "trabalhar de forma conjunta para, no âmbito de suas competências, apoiar os feridos e familiares das vítimas".

Autoridades americanas investigam a morte de pelo menos 53 migrantes que, apesar do calor escaldante, viajaram confinados em um caminhão encontrado no Texas, uma tragédia atribuída pelo presidente Joe Biden aos traficantes de pessoas. Os corpos foram encontrados dentro e em torno do veículo.

Segundo o Instituto Nacional de Migração do México, entre os mortos há 27 mexicanos, 14 hondurenhos, sete guatemaltecos e dois salvadorenhos. As nacionalidades dos outros três é desconhecida.

Os representantes afirmaram que vão colaborar com a investigação para a punição dos culpados e "estabelecer um Grupo de Ação Imediata para trocar informações e trabalhar de maneira coordenada para desmantelar as redes de traficantes de pessoas".

Também decidiram marcar um reunião com o secretário de Segurança Nacional, Alejandro Mayorkas, e os chanceleres do México, Guatemala e Honduras.

Internacional