PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Inundações obrigam 50 mil pessoas a abandonar casas em Sydney

Área inundada após cheia do rio Hawkesbury, no subúrbio de Sydney, Austrália, em 4 de julho de 2022 - SAEED KHAN/AFP
Área inundada após cheia do rio Hawkesbury, no subúrbio de Sydney, Austrália, em 4 de julho de 2022 Imagem: SAEED KHAN/AFP

05/07/2022 06h23

Milhares de pessoas foram obrigadas ou se preparavam para abandonar suas casas na região de Sydney após a cheia dos rios provocada pelas chuvas, anunciaram as autoridades australianas.

Os serviços de emergência ordenaram que 50.000 pessoas abandonassem suas casas e 28.000 se preparassem para adotar a medida diante das inundações no estado de Nova Gales do Sul.

As equipes de emergência anunciaram 142 resgates nas últimas 24 horas na região de Sydney.

As fortes chuvas e inundações provocaram cortes de energia elétrica em quase 19.000 casas,.

A Austrália é um dos países mais afetados pelas consequências das mudanças climáticas e sofre cada vez mais com secas, incêndios florestais devastadores e outros desastres naturais, como o branqueamento da Grande Barreira de Coral.

Internacional