Dólar abre em alta, mas mantém olho no fluxo

São Paulo - No mercado de câmbio, às 10h30, o dólar comercial subia 0,17%, cotado a R$ 1,806, mas os operadores consideram que ainda é cedo para grandes apostas e lembram que o câmbio no Brasil tem vivido momentos de descolamento, com notícias e expectativas sobre captações externas. Hoje, saem os dados do fluxo cambial da primeira semana do mês e o mercado deve prestar atenção.

Lá fora, não há indicadores muito importantes para sair e a temporada de balanços só vai esquentar mais para o final da semana. Hoje cedo foi divulgado o PIB preliminar da Alemanha em 2011, que ficou em 3%. Como o resultado veio dentro do esperado, não mexeu muito com os negócios.

Pesando positivamente, logo cedo, havia a queda das taxas dos bônus da Itália e da Espanha. Mas em relação a esses dois países, o destaque é aguardado para amanhã, quando serão feitos novos leilões de títulos soberanos. Na manhã de hoje o Reino Unido, Alemanha, Suíça e Suécia também ofertaram bônus ao mercado. Todos os resultados saíram sem surpresas negativas. O destaque continua sendo a Alemanha, que paga juros mais baixos do que o habitual, numa demonstração de que os investidores ainda estão em busca de segurança.

O mercado prestará atenção também para ver se sai alguma novidade do encontro entre o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde. As expectativas não são muitas já que, ontem, Lagarde esteve com a premiê alemã Angela Merkel e nada de destaque surgiu. Hoje, Merkel estará com o primeiro ministro da Itália, Mario Monti. Nos Estados Unidos, a agenda é vazia e as atenções podem começar a voltar-se mais fortemente para o cenário político, conforme a disputa pela indicação do candidato republicano vai esquentando.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos