PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
6 meses

'Agora vai', diz Bolsonaro sobre investigação no caso da facada

O presidente Jair Bolsonaro conversa com apoiadores em Brasília - Reprodução/Youtube/Foco do Brasil
O presidente Jair Bolsonaro conversa com apoiadores em Brasília Imagem: Reprodução/Youtube/Foco do Brasil

Eduardo Gayer

Brasília

05/11/2021 12h30

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mostrou otimismo com o andamento das investigações sobre Adélio Bispo, autor da facada sofrida pelo chefe do Executivo quando candidato, em setembro de 2018. "Agora vai", respondeu hoje Bolsonaro a um apoiador em frente ao Palácio da Alvorada, quando questionado sobre o tema.

Na segunda-feira passada, a segunda seção do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), em Brasília, derrubou restrições que impediam a continuidade das investigações. A disputa judicial está na autorização, dada em primeira instância, cassada por liminar em segunda instância e agora restabelecida pelos desembargadores em colegiado, da quebra do sigilo bancário de Zanone Manuel de Oliveira Júnior, advogado de Adélio.

Com a decisão, o TRF-1 abre caminho de uma frente de apuração que visa concluir se o autor da facada agiu sozinho ou a mando de alguém. No entanto, a hipótese de um mandante por trás do atentado foi encerrada em maio do ano passado pelo delegado federal Rodrigo Morais. Ele concluiu que Adélio agiu sozinho e por motivos pessoais.

Política