PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
6 meses

Bahia tem dezembro mais chuvoso em 32 anos

28.dez.2021 - Imagens aéreas dos estragos deixados pelas chuvas na Bahia - Reprodução/Twitter@joaoromaneto
28.dez.2021 - Imagens aéreas dos estragos deixados pelas chuvas na Bahia Imagem: Reprodução/Twitter@joaoromaneto

29/12/2021 16h24

A Bahia está enfrentando o pior acumulado de chuvas do mês de dezembro desde 1989, informou o governo estadual nesta semana. Como reflexo desse cenário, 136 cidades do Estado estão em situação de emergência, o que corresponde a praticamente um terço dos 417 municípios baianos. O total de vítimas fatais das chuvas chegou a 21 pessoas, enquanto o número de feridos supera 358.

Ao todo, 77 mil pessoas tiveram de deixar suas casas: são cerca de 34,1 mil desabrigados e 42,9 mil desalojados. A estimativa do governo é que mais de 470 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas no Estado. Os números foram atualizados pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) na tarde desta terça-feira, 28, com base em informações recebidas das prefeituras.

Ainda nesta terça, a Sudec comunicou que um homem de 19 anos tornou-se a 21ª vítima das chuvas. Foi a segunda morte registrada em Ilhéus. Outros municípios baianos com vítimas fatais são: Amargosa (2), Itaberaba (2), Itamaraju (4), Jucuruçu (3), Macarani (1), Prado (2), Ruy Barbosa (1), Itapetinga (1), Aurelino Leal (1) e Itabuna (2).

Em Itamaraju, cidade com o maior número de óbitos, foram 769,8 milímetros (mm) de chuva no mês de dezembro, valor mais de cinco vezes maior do que sua climatologia para o mês (148,0mm). Os dados são do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e foram divulgados pelo governo da Bahia.

Para se ter um outro parâmetro, a climatologia da chuva entre setembro e dezembro em Itamaraju é de 499,7mm; em Ilhéus, de 434,4mm; e em Porto Seguro, de 507,7mm. As chuvas nessas regiões, portanto, estão bem acima de sua média neste ano, uma vez que, em alguns casos, acabaram superando esses números em poucos dias.

Conforme dados meteorológicos reunidos pelo governo da Bahia, os maiores acumulados de chuva entre 9h do último dia 23 e 9h desta segunda-feira, 27, são:

  • Valença: 215 mm; corresponde a mais do que o triplo da sua climatologia de dezembro (64,9 mm)
  • Ilhéus: 209 mm; corresponde a 70,2% a mais da sua climatologia de dezembro (122,8 mm)
  • Salvador: 188 mm; corresponde a mais do que o triplo da sua climatologia de dezembro (58,1 mm)
  • Igrapiúna: 202 mm
  • Camamu: 196 mm
  • Barra do Rocha: 195 mm
  • Gandu:188 mm
  • Itabuna:187 mm

Cotidiano