Devemos retomar o potencial da parceria com África, diz Lula ao embarcar ao continente

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o Brasil deve retomar o potencial da parceria com o continente africano. O petista embarcou na tarde desta terça-feira, 13, rumo à África, onde cumprirá agendas durante a semana.

"Embarco para o Egito nesta terça-feira de carnaval. Na sequência, visito a Etiópia para a reunião da União Africana. Sempre trabalhando junto com o dr. Geraldo. O Brasil tem fortes relações históricas e culturais com o continente africano e devemos retomar o potencial dessa parceria", afirmou o presidente, em publicação no X, antigo Twitter.

Lula embarcou da Base Aérea de Brasília por volta das 14h desta terça-feira. O vice-presidente Geraldo Alckmin, que assumirá o exercício da presidência com Lula fora do País, acompanhou a partida. Nas redes sociais, Alckmin postou uma foto em que aparece de mãos dadas com Lula em frente ao avião da Presidência da República.

De acordo com agenda oficial da Presidência, Lula deve chegar à Ilha do Sal, Cabo Verde, onde fará a escala rumo ao Cairo, no Egito, às 19h40 pelo horário de Brasília - 21h40 pelo horário local. Após cerca de duas horas, às 23h10 pelo horário local, Lula embarcará rumo ao Egito.

O presidente brasileiro terá compromissos no Egito na quarta-feira, 14, e na quinta, 15. Depois, o petista viajará para Adis Abeba, capital da Etiópia, onde participará como convidado da 37ª Cúpula de Chefes de Estado e Governo da União Africana.

Esta será a segunda viagem de Lula ao continente africano durante o terceiro mandato. Em agosto de 2023, o petista visitou países como África do Sul, onde participou de uma cúpula do Brics, e Angola.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes