Conteúdo publicado há 1 mês

Ricardo Nunes: Enel está em processo de caducidade e concessão não deve ser renovada

Após se reunir com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), afirmou nesta terça-feira, 16, que a concessionária de energia Enel está em processo de caducidade da concessão e o contrato não deve ser renovado. Segundo ele, as regras devem estar previstas no decreto que será elaborado pelo ministro e publicado em duas semanas.

"Na conversa, eu fiz questão de perguntar: ministro, sobre a questão da Enel, está em processo de caducidade, haverá possibilidade de renovação? Ele falou que empresas que estão em processo de caducidade não podem renovar. Agora, quanto tempo demora isso e se é possível em um prazo ela sair desse processo, eu não saberia dizer", disse Nunes aos jornalistas.

O prefeito de SP disse que, além de tratar sobre as renovações das concessões, o decreto deve prever a retirada de expurgos para garantir uma melhor aferição da qualidade dos serviços prestados pelas empresas.

"Hoje, a Enel, que é essa empresa que presta um serviço muito ruim na cidade de São Paulo e em vários locais, está dentro do parâmetro considerado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Eles foram expurgando situações onde não se considera a falta de energia em várias situações", disse.

Deixe seu comentário

Só para assinantes