PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Jornais mudaram após 11 de setembro, diz Snowden

13/08/2013 18h32

WASHINGTON, 13AGO (ANSA) - O ex-analista do serviço secreto dos Estados Unidos Edward Snowden disse hoje, dia 13, que a maioria dos jornais norte-americanos deixaram de fazer seu trabalho após os atentados de 11 de setembro.   

Snowden, que denunciou o programa de monitoramento de Washington, disse que a imprensa do país "renunciou a seu trabalho [de] controlar o poder, desafiar e denunciar os excessos do governo". "Acho que temem ser antipatriotas" apontou, em entrevista ao jornalista Peter Maass, do jornal The New York Times.   

O ex-analista ainda acrescentou que "existe um clima pesado misturado com nacionalismo" em seu país. "Assim os grandes jornais ficam com medo de que o mercado possa castigá-los".   

Snowden recebeu asilo temporário do governo russo recentemente, causando um mau estar entre Moscou e Washington. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional