Boko Haram queima crianças vivas em atentado que matou 65 na Nigéria

  • Jossy Ola/AFP

    Uma testemunha afirmou ter visto os extremistas e ouvido gritos de crianças entre as vítimas, que foram queimadas vivas

    Uma testemunha afirmou ter visto os extremistas e ouvido gritos de crianças entre as vítimas, que foram queimadas vivas

O grupo terrorista Boko Haram ateou fogo em crianças vivas durante um atentado na vila de Dalori, que fica a cinco quilômetros da Maiduguri, na Nigéria, informaram diversos jornais nigerianos neste domingo (31).   

Segundo testemunhas, ao menos, 65 corpos foram retirados do local, mas esse número deve aumentar já que nem todos os locais foram checados. Ao menos 100 pessoas ficaram feridas.   

Testemunhas contaram à imprensa que dezenas de corpos foram jogados pelas estradas que levam até a vila, que tem cerca de mil casas segundo o jornal "The Premium Times". Um dos sobreviventes conta que ouvia o grito das crianças enquanto elas ardiam em chamas. Ele conseguiu sobreviver porque se escondeu subindo em uma árvore.   

Ainda de acordo com as testemunhas, muitos foram mortos enquanto tentavam escapar porque duas mulheres-bomba ativaram os explosivos no meio da pessoas em fuga.   

Apesar do ataque ter ocorrido no sábado (30), o Exército da Nigéria chegou ao local apenas neste domingo e está ajudando na retirada dos cadáveres. O Boko Haram, que quer construir um califado no norte do território nigeriano, já matou mais de 20 mil pessoas nos últimos seis anos e obrigou mais de 2,5 milhões a deixarem suas casas e suas cidades. (ANSA)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos