Barco com 500 imigrantes naufraga na Itália

ROMA, 25 MAI (ANSA) - O Canal da Sicília, no Mar Mediterrâneo, foi palco de mais uma tragédia nesta quarta-feira (25) com o naufrágio de um barco que levava mais de 500 imigrantes em uma travessia. Ao menos sete pessoas morreram e ainda há corpos desaparecidos, de acordo com equipes italianas de resgate.   

A embarcação, que estava com superlotação e em más condições de navegação, tinha sido avistada pouco antes de tombar na água pelo navio Bettica, da Marinha da Itália, que fazia operações rotineiras de controle na região.   

Somente ontem, a Marinha italiana socorreu três mil imigrantes em 23 embarcações que tinham partido de países do norte da África, principalmente da Líbia, em direção à Itália, país que, devido ao acesso ao Mediterrâneo, torna-se porta de entrada para a Europa. O presidente italiano, Sergio Mattarella, deve fazer uma visita no dia 3 de junho à ilha de Lampedusa, uma das que mais recebem navios com imigrantes e refugiados. Ele inaugurará o "Museu da Confiança e do Diálogo", um espaço expositivo dedicado a imigrantes onde haverá inclusive uma obra de Caravaggio para homenagear o menino Aylan, de 2 anos, morto durante uma travessia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos