Ataque a igreja na França cria hashtag #JeSuisCatholique

ROMA, 26 JUL (ANSA) - O ataque a uma igreja em Saint-Etienne-du-Rouvray, na França, impulsionou a criação da hashtag #JeSuisCatholique ("Eu Sou Católico"), em um movimento similar ao surgido após o massacre ao jornal Charlie Hebdo. Usuários do Twitter começaram a colocar a hashtag em suas publicações logo após o padre Jacques Hamel, de 86 anos, ser degolado por dois extremistas que atacaram a igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray em nome do grupo Estado Islâmico (EI, também conhecido por Daesh, em árabe, e Isis, em inglês).   

A intenção é demonstrar solidariedade à comunidade católica e condenar massivamente os atos de terrorismo. Os dois homens invadiram a igreja e fizeram o padre como refém.   

A dupla obrigou o sacerdote a se ajoelhar e o degolou. Os agressores foram mortos pela polícia e um menor de idade está preso sob suspeita de ligação com o ato, que acontece há 12 dias do massacre em Nice, quando um homem atropelou mais de 80 pessoas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos