Famosos mandam mensagens a vítimas de terremoto na Itália

SÃO PAULO, 25 AGO (ANSA) - Na madrugada desta quarta-feira, dia 25, um terremoto de 6,2 graus na escala Richter atingiu cidades do centro da Itália, deixando ao menos 250 mortos e outras centenas de pessoas feridas. Com o inesperado incidente, vários famosos decidiram mostrar todo seu apoio e sua solidariedade às vítimas e às suas famílias nas redes sociais.   

A cantora norte-americana Lady Gaga foi uma delas. A estrela do pop escreveu na sua conta no Twitter que está "rezando pelas pessoas na Itália que estão sofrendo com o terremoto" e que sua família, que vem de Naso, na província italiana de Messina, "fará uma doação para ajudar a reparar essas belas cidades".   

Já a diva Beyoncé colocou a foto da bandeira da Itália com a legenda "Sending Prayers & Love to Italy ("Mandando Amor e Orações para a Itália") na página principal de seu site oficial.   

A banda britânica Coldplay também mostrou sua solidariedade às vítimas do terremoto na Itália e das enchentes da região de Luisiana, nos Estados Unidos. "Nós gostaríamos de mandar nosso amor para todo mundo na Itália e Luisiana que está enfrentando esses tempos difíceis. Nossos pensamentos realmente estão com vocês", escreveram o grupo no microblogue.   

Já a italiana Laura Pausini disse que mesmo longe de casa está rezando muito por todos os seus conterrâneos. "Itália, minha terra... Queria estar ai.. E eu estou com todo o meu coração e com as minhas orações", escreveu a cantora. Outros grandes nomes do mundo da música também deixaram suas mensagens de amor e de esperança. Entre eles estão a banda britânica Duran Duran e os italianos Jovanotti, Emma Marone, Annalisa, Nek, Ignazio Boschetto, Gianluca Ginoble - os dois do trio Il Volo - e Eros Ramazzotti.   

Além disso, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e o CEO da Apple, Tim Cook, também escreveram sobre o terremotos. O primeiro disse que estará em Roma, cidade tão amada por ele que até foi destino da sua lua de mel, nos próximos dias para uma conferência e que quer passar mais tempo com a comunidade italiana após "o terremoto".   

"Eu sei que um tempo difícil para as pessoas que perderam suas casas ou entes queridos, e meus pensamentos estão com todos que foram afetados pelo desastre", escreveu o norte-americano.   

Até o esporte e as artes decidiram madar mensagens de solidariedade. A atleta italiana Tania Cagnotto, do salto ornamental, por exemplo, mandou "um abraço virtual para todas as pessoas atingidas" pelo terremoto. Já a Federação Italiana de Futebol afirmou que "um minuto de silêncio será feito em todos os campeonatos para lamentar as vítimas" do ocorrido.   

Por fim, a Gallerie degli Uffizi, em Florença, também escreveu uma mensagem. "Estamos próximos das populações de Lazio, Marcas e Úmbria", se lê no Twitter oficial do museu. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos