Opep amplia cortes na produção de petróleo, mas preços caem

ROMA, 25 MAI (ANSA) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) aprovou nesta quinta-feira (25) a prorrogação do corte na produção da matéria-prima por mais nove meses, até março de 2018.   

A renovação do acordo, que valerá a partir de 1º de julho, também foi aceita por nações que não fazem parte da Opep, como a Rússia. O objetivo da medida é conter o excesso de petróleo no mercado e estancar a queda no preço da commodity, por meio de um corte de 1,8 milhão de barris por dia na produção.   

Ainda assim, o petróleo opera em queda de mais de 5% na tarde desta quinta-feira, com o barril cotado em pouco menos de US$ 49 em Nova York. Segundo analistas, o mercado já havia precificado a prorrogação do corte na produção e agora está realizando as vendas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos