Caso de gato "infiel" vai parar nos tribunais da Itália

Em Gênova

  • Facebook/Reprodução

    O gato "Fiocco" ou "Tequila"

    O gato "Fiocco" ou "Tequila"

A história inusitada do gato "Fiocco" ou "Tequila" se tornou uma verdadeira "novela" em toda a Itália e foi parar nos tribunais de Gênova.   

Isso porque o animal de quatro anos de idade foi, durante seus primeiros dois anos, companheiro fiel de sua dona. Depois disso, passou a frequentar outra casa próxima, a ponto de passar muitas noites ali, e se tornou o animal de estimação da segunda mulher.   

Assim, o pequeno gato "bígamo" ganhou dois nomes: "Fiocco", da primeira dona, e "Tequila", da segunda.   

Tudo corria bem, mas os problemas começaram a surgir depois que a segunda dona do bichano se mudou para outro bairro, em Struppa, Valbisagno, na periferia genovese, e levou o gatinho com ela.   

A dona "oficial" do felino denunciou, então, sua ex-vizinha às autoridades por furtar seu animal de estimação, iniciando uma investigação pelo promotor local, ironicamente, chamado de Emilio Gatti.   

O animal então foi retirado da casa da segunda dona e devolvido à dona "original". No entanto, revoltada com o veredicto, a nova "proprietária" entrou com um recurso no tribunal e, após a avaliação dos magistrados, não houve a comprovação da primeira mulher como dona do felino.

Com isso, "Tequila" voltou para a nova casa. No entanto, a primeira dona informou que vai entrar com um novo recurso, já que ninguém na Justiça de Gênova conseguiu fazer as duas mulheres entrarem em um consenso.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos