Mais de 280 mil italianos deixaram o país em 2016

ROMA, 27 OUT (ANSA) - Cerca de 285 mil cidadãos deixaram a Itália em 2016, informou o "Documento de Estatísticas da Imigração", divulgado nesta quinta-feira (26) em Roma. Além disso, o relatório apontou que desde 2007 mais de dois milhões de imigrantes chegaram ao país, totalizando mais de cinco milhões de estrangeiros residindo na Itália. O número deixa a Itália em 9º lugar entre as nações que mais registraram chegadas de imigrantes. Para a economia italiana, os imigrantes empregados geraram cerca de 127 bilhões de euros, ou seja, 8,8% do PIB do país em 2016. Entre as cidades que mais receberam imigrantes, Roma lidera abrigando quase 545 mil. Milão vem em seguida com quase 447 mil residentes provenientes de outros países. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatísticas (Istat), no ano de 2065, a Itália poderá ter mais de 14 milhões de imigrantes e 7,6 milhões de moradores com origens estrangeiras.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos