Itália prende peruano condenado por crimes contra humanidade

BUSTO ARSIZIO, 25 NOV (ANSA) - A polícia italiana informou que prendeu o ex-oficial da Marinha Militar do Peru Raul Edgar Pavia Villanueva, 61 anos, nesta sexta-feira (24) na cidade de Busto Arsizio, na região norte do país.   

Villanueva era alvo de um pedido de captura internacional, emitido pelo Tribunal Penal Nacional de Lima, por crimes contra a humanidade. A emissão do alerta ocorreu no dia 25 de outubro de 2017.   

O ex-militar foi considerado responsável por numerosos homicídios, cometidos com o agravante de crueldade, dentro do centro de reclusão "El Frontòn" em junho de 1986. Naquele mês, uma rebelião de presos, sendo a maior parte deles membros do então partido comunista Sendero Luminoso, terminou com o fuzilamento de 140 detidos - tanto dentro do presídio como de alguns que tentavam fugir pelo mar.   

Os policiais da cidade italiana foram notificados pela Direção Central da Polícia Criminal e localizaram Villanueva em seu carro no centro de Busto Arsizio. Após a detenção, ele foi levado para um presídio local e está à disposição da Corte de Apelação de Milão para a extradição. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos