Quase 6 mil estão desaparecidos no Iraque após derrota do EI

MOSUL, 31 DEZ (ANSA) - Cerca de seis mil pessoas, especialmente jovens meninos, estão desaparecidas em diversas cidades do Iraque após a retomada das localidades pelo governo de Bagdá, informam fontes da segurança local à mídia neste domingo (31).   

Só em Mosul, onde o grupo Estado Islâmico (EI) foi derrotado há cerca de seis meses, há relatos de três mil desaparecidos. Na província de Ambar, onde o EI perdeu os territórios de Ramadi e Fallujah, há cerca de 2,9 mil pessoas desaparecidas.   

De acordo com um dos parlamentares da província de Anbar, Mohammed Karbouli, acredita-se que grande parte já esteja morta, tendo os homens sido assassinados pelo Isis, ou presos por forças do governo por suposta associação ao grupo terrorista.   

Ele ainda aponta que a burocracia e a falta de interesse das autoridades de ajudar as famílias que retornaram para suas casas são dois dos fatores que tornam a busca dos pais quase inúteis.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos