Trump diz que está preparado para depor sobre Rússia

WASHINGTON, 25 JAN (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, indicou que pode depor, "sob juramento", ao procurador especial Robert Mueller, que investiga a interferência da Rússia nas eleições à Casa Branca em 2016, principalmente em suposto concluio com a equipe do republicano. "Faria sob juramento, absolutamente. Não vejo a hora", disse ontem (24) Trump a jornalistas em Washington. "Acredito que estamos falando de cerca de duas ou três semanas, mas eu adoraria [depor]", completou o magnata. O presidente reiterou novamente que não houve manipulação das eleições com ajuda da Rússia, nem obstrução de Justiça, crimes investigados por Mueller. O procurador-geral Jeff Sessions foi interrogado por horas na semana passada, sem intimação formal. Já o ex-diretor do FBI James Comey foi questionado sobre notas que escreveu sobre Trump. Ambos depoimentos foram mantidos em sigilo até a última terça-feira. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos