PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trégua humanitária é violada com disparo de foguetes na Síria

27/02/2018 08h29

MOSCOU, 27 FEV (ANSA) - Apesar da trégua humanitária decretada pelo presidente russo, Vladimir Putin, disparos de vários foguetes quebraram a pausa nos ataques na região de Ghouta Oriental, na Síria, que entrou em vigor nesta terça-feira (27).   

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, pelo menos três projéteis caíram no povoado de Harasta, enquanto um caiu em Duma, e outro próximo a região que separa as duas localidades. Nenhuma vítima foi registrada até o momento. Segundo o Observatório, vários foguetes também caíram na área de Mesraba. A ofensiva ocorre horas depois da trégua humanitária imposta pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, entrar em vigor. O ministro de Defesa russo, Sergei Shoigu, afirmou que a medida está vinculada com a resolução 2401 aprovada no último fim de semana pelo Conselho de Segurança da ONU. Nesta terça, as autoridades sírias anunciaram que abriram um corredor humanitário para facilitas a saída dos civis que desejem deixar a região.   

No entanto, de acordo com a imprensa local, "grupos terroristas jogaram foguetes para evitar a saída dos civis da região".   

"A pausa humanitária foi aberta às 9 horas do dia 27 de fevereiro para que os civis pudessem deixar a área, mas os militantes iniciaram um incêndio intenso", explicou o general russo Viktor Pankov.   

Ghouta Oriental é o principal reduto opositor dos arredores de Damasco. Os ataques na região já deixaram mais de 500 mortos e centenas feridos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional