Italianos burlam veto a pesquisas com 'corridas de cavalo'

ROMA, 22 FEV (ANSA) - A Autoridade para as Garantias nas Comunicações (Agcom) da Itália fechou o cerco contra a publicação ilegal de pesquisas de intenção de voto para as eleições legislativas de 4 de março.   

A lei italiana veta a divulgação de sondagens nos 15 dias anteriores à abertura das urnas, mas muitos jornais, sites e - principalmente - blogs usam subterfúgios para burlar a regra. O método preferido é publicar as pesquisas clandestinamente em textos sobre corridas de cavalo fictícias, ou então sobre conclaves.   

No entanto, na semana passada, a Agcom disse ter notificado diversos veículos que haviam descumprido a lei. Segundo a autarquia, a proibição é "irrestrita" e "não faz distinção de plataformas transmissivas", dirigindo-se a "meios de comunicação de massa, inclusive sites e blogs".   

No comunicado, a Agcom afirma que "intervirá severamente" contra "simulações que tenham o objetivo explícito de quebrar as normas, fazendo referência a corridas ou outras competições fantasiosas". A proibição tem como objetivo evitar que as pesquisas de opinião condicionem de maneira decisiva o voto do eleitorado nas duas semanas anteriores ao pleito.   

Além disso, quando a sondagem é publicada de forma camuflada, não é possível verificar a veracidade dos números. Até mesmo os dois maiores grupos televisivos da Itália, a emissora pública "Rai" e a privada "Mediaset", são acusados pela Agcom de ter violado as regras sobre pesquisas.   

As últimas sondagens para as eleições de 4 de março foram publicadas em 15 de fevereiro e mostram a coalizão de centro-direita na liderança, com pouco menos de 40% dos votos.   

Em seguida aparecem o antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S) e a centro-esquerda, ambos com cerca de 27%. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos