Líder da Coreia do Sul tem encontro surpresa com Kim Jong-un

PEQUIM, 26 MAI (ANSA) - O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, teve uma reunião surpresa neste sábado (26) com o norte-coreano Kim Jong-un para discutir o possível encontro do líder de Pyongyang com o norte-americano Donald Trump.   

Na quinta-feira (24), Trump, alegando "hostilidade" da parte de Pyongyang, anunciou o cancelamento do encontro que estava previsto para 12 de junho com Kim Jong-un e o qual seria a primeira reunião formal entre líderes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte.   

Mas, ontem, o republicano voltou atrás, após Pyongyang sinalizar que continuava interessada na reunião, e admitiu que poderia, sim, encontrar-se com Kim Jong-un.   

Dessa maneira, hoje o presidente sul-coreano se reuniu com o líder do país vizinho, na vila fronteiriça de Panmunjom, para discutir os detalhes da cúpula de 12 de junho, marcada para ocorrer em Singapura.   

Esta foi a segunda vez que Moon Jae-in e Kim Jong-un tiveram um encontro oficial. A primeira ocorreu há um mês, em 27 de abril, após uma década de afastamento. Os líderes concordaram em trabalhar pela desnuclearização da península e pela reunião de famílias coreanas separadas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos