Imigrante é morto a tiros na Calábria, na Itália

REGGIO CALABRIA, 3 JUN (ANSA) - Um imigrante morreu e dois ficaram feridos em um tiroteio em San Calogero, na Calábria, no sul da Itália. A vítima é um homem do Mali, de 29 anos, identificado como Sacko Soumali. Ele foi atingido na cabeça por tiros de fuzil e levado a um hospital de Reggio Calabria, onde veio a falecer. Os outros dois imigrantes sofreram ferimentos leves. O grupo tinha chegado a pé em um antigo galpão abandonado em San Ferdinando, em Reggio Calabria, onde os três viviam, para furtarem algumas chapas de metal para usarem na construção de barracos.   

Enquanto estavam no galpão abandonado, um carro, modelo Fiat Panda, de cor branca, estacionou e um homem carregando um fuzil disparou quatro vezes contra os imigrantes.   

O relato foi dado à polícia por um dos sobreviventes, Drane Maoiheri, de 39 anos. De acordo com a polícia, o trio estava em situação regular na Itália e a principal hipótese é que o crime tenha sido cometido como vingança pelo roubo das chapas de metais. Até o momento, as autoridades excluem a possibilidade de crime motivado por xenofobia.   

O caso está sendo investigado pela Procuradoria da República de Vibo Valentia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos