PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ministro do Reino Unido confunde China com Japão

30/07/2018 16h00

ROMA, 30 JUL (ANSA) - O secretário das Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt, cometeu uma gafe durante encontro com seu homólogo da China, Wang Yi, nesta segunda-feira (30), ao se referir à nacionalidade de sua mulher.   

"Minha mulher é japonesa", disse Hunt, que se corrigiu: "desculpe, ela é chinesa". O secretário, que assumiu o cargo no último dia 9, provocou risos nos presentes e reconheceu que este é um "péssimo engano a se cometer".   

Hunt ainda tentou se justificar dizendo que havia falado em japonês durante o banquete que precedeu o encontro, que tratou de acordos comerciais pós-Brexit. Para não deixar dúvidas, ele disse: "minha mulher é chinesa e meus filhos são meio-chineses, já que os avós da minha esposa vivem em Xian e temos fortes conexões familiares na China". Lucia Gu, mulher do secretário, nasceu em Xian, na região central da China, trabalha na Universidade de Warwick, no oeste da Inglaterra, e é casada com o político britânico desde 2008.   

Os dois têm três filhos.   

A gravidade do engano ocorre porque China e Japão já se enfrentaram em duas guerras, em que disputaram territórios no leste chinês, além da ilha de Taiwan. Há casos de chineses que viveram nos anos de 1930 e 1940, quando ocorreu a Segunda Guerra Sino-Japonesa, que relutam até hoje em comprar produtos vindos do Japão por considerar atrocidades os atos cometidos pelos japoneses durante os conflitos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional