PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Maduro lança poupança em ouro na Venezuela

28/08/2018 16h02

CARACAS, 28 AGO (ANSA) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta segunda-feira (27), um plano nacional de poupança em lâminas de ouro, direcionado a aposentados e trabalhadores venezuelanos, que entrará em vigor no próximo dia 11 de setembro.   

O presidente fez um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão em que explicou que o Estado venderá lâminas de 1,5 grama do metal por 3,7 mil bolívares (R$ 253) e também lingotes de 2,5 gramas por 6,3 mil bolívares (R$ 427). O ouro ficará no Banco Central Venezuelano "para que ninguém o toque" e os compradores receberão certificados emitidos pela casa da moeda local com um QR code, que permitirá resgates a cada três meses.   

A medida faz parte de reformas econômicas que tiraram cinco zeros da moeda nacional e aumentaram o salário mínimo em 34 vezes (180 mil bolívares, ou R$ 121), instituindo o "bolívar soberano". Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), a Venezuela enfrenta uma inflação que chega a um milhão por cento.   

"Em algum lugar do mundo existe um plano de poupança em ouro para a população? Só aqui na Venezuela porque estamos em um revolução socialista", declarou Maduro durante o pronunciamento.   

Segundo estudo das principais universidades do país 87% da população venezuelana foi considerada pobre em 2017, o que representa um aumento de seis pontos percentuais com relação ao ano anterior. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional