PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Candidato de Salvini é eleito o novo governador da Sardenha

25/02/2019 18h02

CAGLIARI, 25 FEV (ANSA) - O candidato Christian Solinas, que pertence à legenda autonomista Partido Sardo de Ação, mas já foi eleito senador pela Liga, foi escolhido o novo governador da Sardenha, no sul da Itália, nesta segunda-feira (25). Com 81% das urnas apuradas, um total de 1493 de 1840, o governador de centro-direita está à frente com 47,74% dos votos, seguido do prefeito de Cagliari, Massimo Zedda, que é apoiado pelo Partido Democrático (PD), com 33,18%, e do postulante do Movimento 5 Estrelas (M5S), Francesco Desogus, com 11,07%.   

Já Paolo Maninchedda (3,32%), Mauro Pili (2,24%), Andrea Murgia (1,84%) e Vindice Lecis (0,59%) receberam menos de 5% do número de votos. No total, foram registrados 5473 votos brancos, 675 nulos e 11.905 com erros. "Hoje eu venci na Sardenha. Agradeço os sardos pela confiança.   

Foi escolhido o projeto de governo que apresentamos. 14 pontos representam um fato indiscutível", disse o político após a vitória. O resultado representa uma vitória inédita do partido ultranacionalista Liga, do vice-premier e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, no sul do país. Além disso, trata-se da queda da última barreira simbólica para a legenda se tornar o principal partido da Itália. O M5S, que faz parte da coalizão que governa a Itália junto com a Liga, é o grande derrotado da eleição local, com apenas 11% dos votos. A confirmação do desgaste do partido foi minimizada pelo primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, que pediu para que a eleição não seja "enfatizada". Ele ainda garantiu que a votação não "terá nenhuma consequência para o governo nacional".   

Já o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi voltou a falar na possibilidade de reatar a coalizão com Salvini e o partido Irmãos da Itália. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional