Topo

Italianos vão às urnas na Sardenha em eleições municipais

2019-06-16T13:05:00

16/06/2019 13h05

CAGLIARI, 16 JUN (ANSA) - Cerca de 400 mil eleitores italianos vão às urnas neste domingo (16) para eleger os prefeitos de 28 cidades da Sardenha, sendo cinco delas com mais de 15 mil habitantes, incluindo a capital da ilha, Cagliari, Sassari e Alghero. Os colégios eleitorais foram abertos às 7h e serão fechados às 23h (horário local). Ao todo, os cidadãos poderão votar em 482 seções para renovar seus prefeitos e câmaras municipais. A contagem dos votos começará imediatamente após o encerramento das urnas. O resultado mais esperado é precisamente o que diz respeito à capital regional. Em Cagliari, a disputa está entre centro-esquerda e centro-direita depois que o Movimento 5 Estrelas (M5S) retirou seu candidato a prefeito. Entre os principais nomes estão: Francesca Ghirra, apoiada pelo Partido Democrático (PD); Paolo Truzzu, do Irmãos da Itália(FDI), que tem a Liga e o Forza Italia (FI) entre os partidos da coalizão; e o ambientalista Angelo Cremone, dos Verdes.   

De acordo com a Comissão Eleitoral, 29 cidades deveriam participar da votação, mas nenhuma lista de candidatos foi apresentada a Austis, na província de Nuoro, cujo município será guiado pela quinta vez consecutiva por um comissário nomeado pela região.   

Os primeiros dados revelam que o percentual de participação em 12 municípios já atingiu 17,82%. Em Cagliari, o comparecimento está inferior à média regional, com 15,06%, enquanto Sassari, tem 17,71% e Alghero, 19,91%.   

Esta é a terceira vez que os italianos vão às urnas desde o começo do ano, após as eleições regionais de fevereiro e as europeias, no final de maio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional