PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Investigado por corrupção, rei emérito da Espanha teria ido para Abu Dhabi

Aos 82 anos, Juan Carlos 1º também é suspeito de sonegar impostos e desviar dinheiro - Daniel Perez/Getty Images
Aos 82 anos, Juan Carlos 1º também é suspeito de sonegar impostos e desviar dinheiro Imagem: Daniel Perez/Getty Images

07/08/2020 14h44Atualizada em 07/08/2020 15h32

O rei emérito da Espanha Juan Carlos 1º, que deixou o país em meio às acusações de corrupção, estaria em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, segundo informação revelada pelo jornal espanhol "ABC" nesta sexta-feira (7).

A notícia contraria as anteriores que afirmaram que o monarca de 82 anos estaria morando provisoriamente na República Dominicana.

O paradeiro de Juan Carlos tem sido motivo de especulação desde que ele anunciou sua saída do território espanhol e a Casa Real não quis confirmar seu destino.

De acordo com o "ABC", o rei emérito deixou Vigo, na Galícia, noroeste do país europeu, em um jato particular, acompanhado por quatro seguranças e seu assessor, na manhã da última segunda-feira (3). Ele teria desembarcado em um aeroporto executivo na capital dos Emirados Árabes e seguido para o hotel Emirates Palace em um helicóptero.

O jornal ainda revela que o plano de voo do jatinho sofreu alteração para evitar rastreamentos, mostrando uma viagem de Paris para Abu Dhabi. Além disso, a segurança do rei teria sido concedida pelo príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohamed bin Zayed Al Nahyan.

Aos 82 anos, Juan Carlos é investigado por corrupção, sonegação de impostos e desvios de dinheiro em um julgamento que está ainda em andamento no Supremo Tribunal da Espanha — além de inúmeros outros escândalos nos últimos anos.

Internacional