PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Papa Francisco lamenta incêndios no Pantanal

Francisco recordou os incêndios que estão atingido muitas partes do mundo, em particular as regiões centrais da América do Sul, como o Pantanal - CNS/Vatican Media
Francisco recordou os incêndios que estão atingido muitas partes do mundo, em particular as regiões centrais da América do Sul, como o Pantanal Imagem: CNS/Vatican Media

11/10/2020 09h37

O papa Francisco recordou hoje os incêndios que estão atingindo muitas partes do mundo, em particular as regiões centrais da América do Sul, como o Pantanal, o Paraguai, as margens do rio Paraná e a Argentina, além da costa ocidental dos Estados Unidos, principalmente a Califórnia.

"Muitos incêndios são provocados por uma seca persistente, mas também há os que são causados pelo homem", afirmou o Pontífice, após a oração do ângelus, no Vaticano.

Francisco manifestou também sua proximidade "às populações atingidas pelos incêndios que assolam muitas regiões do planeta, bem como aos voluntários e aos bombeiros, que arriscam a sua vida no combate aos incêndios".

Perante milhares de fiéis reunidos na Praça São Pedro, Jorge Bergoglio rezou para "que o Senhor apoie os que estão a sofrer as consequências desta catástrofe e nos torne atentos para preservar a criação".

Segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o Pantanal teve 14% do seu bioma destruído pelo fogo durante o mês de setembro. O número em nove meses já supera toda a área devastada em 2019, sendo recorde desde 2002.

Os dados revelam que os incêndios já destruíram 26% de todo o bioma em 2020, em uma área de quase 33 mol quilômetros quadrados.

Meio Ambiente