PUBLICIDADE
Topo

Eleições Americanas

Trump cobra investigação contra filho de Biden

                                 A pesquisa da Ipsos revela ainda que 50% dos prováveis eleitores da Flórida acreditam que Biden seria melhor na gestão da pandemia do novo coronavírus, contra 41% que acham que Trump seria mais eficiente                              -                                 AFP
A pesquisa da Ipsos revela ainda que 50% dos prováveis eleitores da Flórida acreditam que Biden seria melhor na gestão da pandemia do novo coronavírus, contra 41% que acham que Trump seria mais eficiente Imagem: AFP

20/10/2020 14h56

WASHINGTON, 20 OUT (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, instou seu secretário de Justiça, William Barr, a abrir uma investigação contra Hunter Biden, filho do candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden.

"Ele deve agir rápido", afirmou o mandatário em entrevista à Fox News, cobrando um inquérito sobre os negócios de Hunter com a empresa ucraniana de gás Burisma, da qual ele foi conselheiro.

"Isso é corrupção, e ela deve ser conhecida antes das eleições", acrescentou.

O "caso Burisma" foi o estopim do processo de impeachment contra Trump, que teria prometido ajuda militar à Ucrânia em troca de uma investigação contra Biden e o filho, mas voltou à pauta após reportagens do tabloide conservador New York Post.

Segundo o jornal, Hunter teria mediado um encontro entre um executivo da Burisma e seu pai, que na época era vice-presidente. A revelação se baseia em material enviado ao tabloide pelo advogado de Trump, Rudolph Giuliani, e encontrado em um suposto notebook de Hunter que havia sido levado para manutenção.

O presidente está em desvantagem nas pesquisas e vem tentando colar em Biden o rótulo de "corrupto", assim como já havia feito com Hillary Clinton em 2016.

Eleições Americanas