Leopardo que feriu seis em escola indiana está novamente à solta

  • AFP

    Imagens do ataque do leopardo a uma escola correram o mundo

    Imagens do ataque do leopardo a uma escola correram o mundo

O leopardo que feriu seis pessoas em uma escola da Índia no início do mês está novamente a solta. O animal, que tinha sido levado para tratamento no Parque Nacional de Bannerghatta, nos arredores da cidade de Bangalore, fugiu de sua jaula no domingo.

O felino teria escapado após um dos tratadores não ter trancado a jaula apropriadamente. Uma investigação será aberta para apurar o episódio.

"Há uma série de contradições nos testemunhos dos funcionários do parque. Falam até que o animal pode ter escapado por uma fresta na jaula. Pedimos uma investigação e saberemos mais detalhes nos próximos dias", disse à BBC o responsável pela agência de controle ambiental do estado de Karnataka, Ravi Ralph.

Autoridades indianas disseram não haver motivos para preocupação por parte da população, e guardas florestais começaram a visitar aldeias localizadas nas redondezas do parque para tranquilizar os moradores.

"É um mito a história de que um leopardo pode se tornar um devorador de humanos. Essa é uma exceção muito remota à regra", completou Ralph.

No último dia 7, o leopardo invadiu a Vibgyor International School. Foram necessárias quase 12 horas para que policiais e guardas florestais conseguissem capturá-lo.

O animal feriu seis pessoas, incluindo funcionários da escola. Imagens do ataque viralizaram na internet.

De acordo com o mais recente recenseamento, a Índia tem uma população de leopardos estimada entre 12 mil e 14 mil animais.

É bastante comum que estes e outros felinos acabem entrando em áreas habitadas. Ambientalistas já alertaram que os encontros entre homens e animais deverão aumentar no país por causa do crescimento urbano desordenado e o desmatamento.

Leopardo invade escola e fere seis pessoas na Índia

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos