Jubileu de Safira de Elizabeth 2ª: 65 anos de um reinado que não deveria ter sido

  • David Bailey/AP

A rainha Elizabeth 2ª comemora mais um recorde nesta segunda-feira: 23.742 dias de reinado. O Jubileu de Safira marca os 65 anos no trono; nunca um monarca britânico tinha celebrado este jubileu.

Filha do segundo filho do rei George 5º, nada indicava que Elizabeth se tornaria rainha.

O nascimento de Elizabeth mereceu um registro básico nos jornais, bem diferente do destaque dado atualmente aos bebês da família real.

Em 1926, não se pensava em publicar um caderno especial de 16 páginas para festejar a chegada do novo bebê real.

Naquela época, o nascimento da princesa Elizabeth seria equivalente, em importância, ao da princesa Beatrice, em 1988, filha do príncipe Andrew, irmão mais novo de Charles.

E Beatrice só foi chamar a atenção da imprensa mundial, em 2011, aos 22 anos, por causa do chapéu que usou no casamento de William e Kate.

Elizabeth nasceu na casa da família em Mayfair, Westminster. A rua não foi fechada pela imprensa e o nascimento não mereceu incontáveis dias de cobertura.

A casa, que pertencia à família de sua mãe, foi destruída por um bombardeio na Segunda Guerra Mundial; no local, hoje, funciona um restaurante indiano.

Esperava-se que o tio de Elizabeth fosse o rei e, seus filhos, os herdeiros do trono.

Chance 'remota' de ser rainha

Mas Edward 8º abdicou para se casar com a americana Wallis Simpson, deixando para o irmão mais novo o dever de assumir o trono. Parte da história do rei George 6º pode ser vista no premiado filme O Discurso do Rei, com Colin Firth e Geoffrey Rush, ganhador de quatro Oscars em 2010.

A jovem Elizabeth Alexandra Mary se tornava assim a primeira na linha sucessória, à frente da irmã caçula, Margaret.

Um único jornal foi otimista ao noticiar o nascimento da princesinha, há 91 anos.

"A contingência é remota, há uma probabilidade humanamente remota, mas a sua simples existência dá uma aura à pequena", escreveu o Yorkshire Evening Post.

Era uma chance remota, que acabou virando realidade com a morte George 6º, aos 56 anos, de ataque cardíaco.

Em 2015, Elizabeth festejou o reinado mais longo da história britânica e, no ano passado, completou 90 anos.

Agora, para marcar o início do Jubileu de Safira, foi divulgada uma foto da rainha usando joias de safira que ganhou de presente de casamento do pai, em 1947.

A foto de David Bailey faz parte de uma série realizada em 2014 por ocasião dos 88 anos da rainha.

Safira e diamantes

No retrato, a rainha usa um conjunto de brincos e colar com 16 safiras retangulares contornadas por diamantes.

Seguindo a tradição, a rainha passa o Dia da Ascenção - como é oficialmente chamada a data em que ela chegou ao trono - no Palácio de Sandringham, propriedade privada da família em Nottingham.

A data é um momento que a Família Real dedica mais à contemplação do que à celebração, porque coincide com o aniversário da morte do rei George 6º.

Este ano, no dia 20 de novembro, Elizabeth 2ª vai completar 70 anos de casamento - bodas de vinho - com o príncipe Philip.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos