Polícia do Canadá prende 104 homens envolvidos com prostituição infantil

A polícia canadense prendeu 104 homens que buscavam fazer sexo com menores de idade na região de Toronto, no sul do país.

Autoridades dizem que os homens tinham idades entre 18 e 71 anos. Eles estavam em contato pela internet com um policial que se passava por meninas com idades entre 13 e 16 anos.

A polícia tinha como alvo homens que buscavam por serviços sexuais em sites, mas não prendeu aqueles que tinham interesse por maiores de idade. No Canadá, adultos podem cobrar por esses serviços, mas é ilegal pagar por sexo.

"Impedimos que 104 homens comprassem 104 crianças", disse o investigador Thai Truong em uma coletiva de imprensa na última sexta-feira.

Tráfico sexual

A investigação "Projeto Raphael" durou quatro anos. Seu objetivo é coibir a demanda por prostituição infantil.

Um policial interagiu com homens que buscavam por sexo na rede dizendo ser menor de idade. "Quando isso era informado a eles, a maioria interrompia o contato", disse Truong.

Durante a investigação, foram resgatadas 85 garotas alvo de prostituição. No entanto, só metade dos cafetões envolvidos nestes casos foi presa, porque as vítimas de tráfico sexual tinham medo de dar informações.

Muitas das garotas demonstravam sinais de terem sido abusadas fisicamente, afirmou Truong, e a maior parte delas começou a ser obrigada a se prostituir com 14 anos de idade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos