Telescópio espacial com participação do Brasil é lançado

da BBC, em Londres

Um telescópio espacial foi lançado em órbita nesta quarta-feira da base de Baikonur, no Cazaquistão, dando início a uma missão em busca de planetas semelhantes à Terra fora do sistema solar.

A missão Corot, como está sendo chamado projeto envolvendo o telescópio, é liderada pela França e conta com participação do Brasil e de mais cinco parceiros: Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha e Agência Espacial Européia (AEE).

O telescópio espacial vai permanecer em órbita da Terra a uma altitude de 827 km e irá pesquisar aproximadamente 120 mil estrelas por cerca de 2,5 anos.

Ao observar as estrelas, o telecópio vai monitorar variações de brilho que indiquem a passagem de planetas em frente delas.

“A parte empolgante desta missão é olhar, ou tentar encontrar, planetas que sejam semelhantes à Terra”, disse à BBC Ian Roxburgh, professor de Astronomia da Universidade de Londres e o cientista da AEE que acompanha a missão.

“Isto é, eles serão um tanto maiores que a Terra, mas devem ser feitos de material rochoso que possa comportar uma atmosfera e provavelmente alguma forma de ambiente em que a vida possa se formar.”

A participação brasileira é coordenada por um departamento da USP (Universidade de São Paulo) e cerca de 70 astrônomos e estudantes do país poderão ter acesso às descobertas do telescópio.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos