Centenas se candidatam para ser carrasco de Saddam, diz 'Times'

da BBC, em Londres

Centenas de iraquianos se ofereceram para ser o carrasco do ex-presidente Saddam Hussein, segundo informações dadas nesta quinta-feira pelo jornal britânico The Times.

Saddam foi condenado à morte pela Justiça iraquiana. Sua sentença foi confirmada na terça-feira, quando se anunciou que o ex-líder iraquiano seria executado dentro de 30 dias.

Segundo fontes do governo citadas pelo jornal, vários pedidos, vindos de várias partes do mundo, de pessoas se oferecendo para executar Saddam foram enviados por email ao gabinete do primeiro-ministro iraquiano Nouri Maliki.

O Times diz que Maliki também foi procurado por oficiais do governo "que gostariam de colocar a corda no pescoço de Saddam".

Forca

Saddam vai ser enforcado. O local e a hora da execução só serão revelados depois que ela tiver ocorrido.

O repórter do Times em Fallujah, Ned Parker, diz que vários funcionários do ministério da Justiça estão com medo de serem envolvidos na execução por temer represálias.

Os voluntários para a execução seriam pessoas que tiveram parentes mortos pelo regime de Saddam.

Saddam Hussein foi condenado pela morte de 148 xiitas na cidade de Dujail depois de uma tentativa de assassinato contra o presidente iraquiano.

Em uma carta escrita pouco depois de ter sua sentença de morte anunciada por um tribunal iraquiano, em novembro, Saddam disse que pretende se apresentar à execução como um "verdadeiro mártir".

"Sacrifico-me. Se Deus assim desejar, Ele me colocará entre os homens verdadeiros e mártires".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos