Vila da Índia tem mais de cem Saddam Husseins

da BBC, em Londres

O vilarejo de Lakhanow, no Estado de Bihar, no norte da Índia, é um típico vilarejo da região com casas de tijolos e ruas empoeiradas. Apenas um detalhe que diferencia o local: mais de 20 crianças da pequena cidade receberam o nome de Saddam Hussein.

Moradores da região afirmam que existem mais de cem Saddam Husseins nos 27 vilarejos que cercam Lakhanow, cuja população é predominantemente muçulmana sunita.

Existe até uma família em que um dos filhos é chamado Saddam Hussein e o irmão mais novo, Osama Bin Laden.

Não é coincidência que todas as crianças que têm o nome de Saddam Hussein nasceram depois da primeira guerra americana com o Iraque, em 1991.

Antes da guerra, o nome Saddam Hussein não era usado, afirma Mohammed Nizamuddin, cujo neto, nascido em 1991, se chama Saddam Hussein.

Novo nome

Depois da execução do ex-líder iraquiano, os moradores do vilarejo de Lakhanow decidiram dar o nome Saddam Hussein a todos os meninos recém-nascidos.

Ejaj Alam, um pequeno empreteiro que tem pouco mais de 30 anos, decidiu dar um novo nome ao seu filho de três anos de idade.

O menino, que era chamado Majhar Alam, recebeu o nome de Saddam Hussein, em homenagem ao ex-líder iraquiano executado no dia 30 de dezembro.

"Este é o nosso jeito de fazer um tributo ao nosso líder. Queremos transmitir seu legado, pelo menos aqui em nosso vilarejo. Se Deus quiser, um dia nosso vilarejo estará cheio de Saddam Husseins", disse Alam.

Outros moradores da pequena cidade também têm suas opiniões sobre o assunto.

"George (W.) Bush pode enforcar um Saddam Hussein, mas vamos criar um exército de Saddam Husseins. Deixe ele vir ao nosso vilarejo e ver como Saddam Hussein nunca poderá ser executado", disse o líder local Ayub Khan.

Perto do vilarejo fica a única escola particular, a Academia Dini, onde quase cem Saddam Husseins aprendem a ler, escrever e aprendem mais sobre o ex-líder iraquiano.

"Foi durante a Guerra do Golfo que descobrimos sobre a coragem e o heroísmo do presidente iraquiano, que reuniu coragem para desafiar as imposições americanas", disse Nizamuddin.

'Imortalizado'

Os moradores do vilarejo não escondem o fato de que o presidente americano não está entre as personalidades mais admiradas no local.

A maioria alega que Saddam Hussein foi "imortalizado" depois de sua execução.

Muitos podem ter pouco conhecimento sobre quem foi Saddam Hussein, mas isso não os impede de acreditar na propaganda que confere ao ex-líder um status quase mítico.

E há sinais de que os jovens Saddam Husseins recebem instruções sobre o que pensar do ex-líder desde a mais tenra idade.

"Eu me sinto extremamente orgulhoso de ter o nome de Saddam Hussein. Ele era um grande líder, um leão que enfrentou os poderosos Estados Unidos e se transformou no salvador dos fracos", disse um jovem Saddam, nascido em maio de 1993. "Eu também gostaria de ser como o presidente iraquiano e morrer como ele", acrescentou.

Outro Saddam, nascido em maio de 1992, afirma com orgulho que "vai tentar viver à altura do nome do grande guerreiro".

E outro afirma que Saddam Hussein é o "líder querido".

O Saddam Hussein mais velho do vilarejo, nascido logo depois da primeira Guerra do Golfo, parece ser o mais feroz.

"Devo muito a meu pai por ter me dado o nome do reverenciado líder. Foi apenas depois de sua execução, quando as notícias e fotos apareceram no jornal, que eu fiquei sabendo como ele era grandioso", disse.

No dia da execução, todos os Saddam Husseins da área se reuniram na mesquita do vilarejo para rezar pela alma do ex-líder. Mas há um pequeno problema com tantos Saddam Husseins em uma única cidade pequena, segundo Mohammed Hassan Abbas.

"Em um parquinho, temos Saddam Hussein correndo atrás de Saddam Hussein, logo depois de Saddam Hussein, que está à frente de Saddam Hussein, mas não muito longe de Saddam Hussein... pode ser um pouco confuso", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos